Oportunidades na Crise

Soraya Lopes | | mercados e necessidades

Em tempos de crise as oportunidades existem para aqueles que optam por sair da zona de conforto e promover serviços e produtos que ajudem outras pessoas a superarem a recessão.

Quem viveu as décadas de 80 e 90 viu muitas empresas criar serviços alternativos para atender a demanda gerada pelas crises econômicas e faturar fábulas.

Hoje já é possível ver iniciativas promissoras ou que já apresentam bons resultados frente à instabilidade econômica que se apresenta no país e no mundo. Produtos de economia compartilhada, guias de faça você mesmo, cupons de desconto, entretenimento e conteúdo grátis são bons exemplos de temas que estão em alta.

Isto se deve a a diminuição do poder de compra. A conta é simples: a inflação aumenta o preço, mas a renda se mantem, sendo assim, o custo deve ser diminuído. Em geral, na economia doméstica os principais custos cortados são: recorrência de prestadores de serviços (diaristas, jardineiros, encanadores, pintores e etc), bem como, serviços que não são de primeira necessidade como a TV a cabo, a academia e alimentação fora de casa. Visualizou a oportunidade?

Pois então, existe uma série de setores que precisam de boas ideias para contornar os principais problemas ou privações que a crise pode causar. Aí a pergunta: e depois? Bom, temas como Economia Compartilhada há tempos vem sendo pauta sobre tendências e fica cada vez mais evidente que se trata do futuro para vários assuntos.

E você, já teve alguma ideia?