Como evitar problemas de usabilidade do seu app?

Soraya Lopes | | melhores praticas para seu app

Se os aplicativos concorrentes atraem mais usuários que o seu? Você investiu esforços e recursos em marketing e seu público-alvo parece evitar seu app? Existe um número considerável de instalações com baixo índice de retorno?

Se pelo menos duas respostas às perguntas acima foram sim, então, preocupe-se com a usabilidade de seu produto. É possível que ele não tenha uma interação eficiente, intuitiva e agradável, o que força quem o usa a abandoná-lo. Saiba que não há plano de marketing suficiente para te ajudar se a experiência deixa a desejar.

Para ajudar, listamos alguns passos para evitar estes problemas:

Implemente algum Mobile Analytics para detectar qualquer problema de usabilidade:

Os dados sempre salvam quando se precisa saber onde melhorar. Existem várias ferramentas que podem ajudar: Google Analytics, Mixpanel e Flurry, por exemplo. Inicie entendendo os seguintes números, e a partir disso, crie um plano de melhorias: Número de usuários novos e retornos, Número de sessões e duração da sessão, Freqüência de uso do aplicativo, Público-alvo (sexo, idade, idioma, localização), Eventos no aplicativo e Navegação na tela.

Analisando os dados:

Tenha os dados de navegação como seus principais aliados, porque fornecem um cenário detalhado de como seu público-alvo interage com o aplicativo e ajuda a detectar os erros de usabilidade que seu produto apresenta. A principal forma de gerenciar os dados é você analisar todos os caminhos que um usuário comum navega pelo app, um bom exemplo disso é em um app de commerce a tela final deve sempre ser a de agradecimento. Com isto, é possível entender o momento que o seu user abandona o fluxo e ajustar isto.

Questione-se e crie hipóteses:

Para ajudar a entender melhor, pergunte-se porque os usuários abandonam seu app na tela principal. Na maioria dos casos, o usuário não identifica o objetivo do produto e como iniciar o fluxo principal dele. Ou simplesmente, não o agrada a forma de interagir. Se você está tentando vender online, saiba que em geral, as pessoas abandonam carrinhos em apps de comércio eletrônico porque não conseguem descobrir como preencher os campos solicitados, é difícil de identificar se o pagamento foi realizado e existem produtos no carrinho, mas não é fácil de vê-los.

Crie Personas e Casos de Uso:

Ainda é a melhor forma de entender e descrever o que o seu usuário precisa mais de seu app. Focar a interface no que importa já é meio caminho andado para tornar seu produto mais aderente à experiência esperada por quem o usa. Criar personas é fundamental para a fase de teste de usabilidade. Isto porque, é muito mais fácil criar instruções para um grupo de teste quando você estiver ciente dos recursos de comportamento do usuário.

Teste de Usabilidade:

Para fazer teste de usabilidade você vai precisar de um grupo de pessoas para representar seus personagens e criar instruções para testar diferentes cenários e ver como as pessoas interagem com o aplicativo. Uma dica aqui seria criar uma conta especial para fins de teste para facilitar a identificação de qualquer irregularidade. Não tenha pressa, o ideal é que seu grupo de teste tenha muito tempo para testes de usabilidade.

É fácil de perceber que quando a experiência do usuário com o app deixa muito a desejar, o produto simplesmente não resolve o problema do cliente e com certeza não será usado no longo prazo. Ser humilde e reconhecer que apesar de acreditar que tudo esteja perfeito, a experiência do seu user é a única prova possível para confirmar ou refutar isto.